Licença para poetar

Corpo

Minha saudade

mora nos olhos dela

sem ela seu moço

sou folha que vaga

minha vontade

mora na vontade dela

sem ela seu moço

sou escravo

minha cantoria

mora na cantoria dela

sem ela seu moço

sou corpo que cai

Deixe seu comentário